BBOM Pirâmide – Bloqueio das contas pela Justiça de Goiás

A Justiça de Goiás faz bloqueio das contas da BBOM por motivo de suspeita de pirâmide!

A BBOM, com aproximadamente 300 mil associados, foi acusada pela Justiça Federal do Estado de Goiás de formar pirâmide financeira em suas atividades e, por esse motivo, as contas da empresa foram bloqueadas por uma liminar despachada nesta quarta-feira, dia 10 de julho de 2013.

BBOM esquema de pirâmide na mira da justiça

BBOM pirâmide – negócio insustentável

E de acordo com o procurador da República Hélio Telho, um dos responsáveis pela ação, foram imobilizados R$ 300 milhões e a transferência de cerca cem carros, dentre eles duas Ferraris, um Rolls Royce e quatro Lamborghinis.

Notícia publicada por Vitor Sorano, iG São Paulo, em 10/07/2013 às 17:57:57 e atualizada às 21:48:01. Para acessar a matéria completa, segue o link: http://economia.ig.com.br/telexfree/2013-07-10/bbom-contas-sao-bloqueadas-pela-justica-por-suspeita-de-piramide.html.

==>> Receba todas as dicas e novidades deste Blog em seu e-mail. Clique aqui e Assine!

Cursos Online na Área de Gestão e Liderança

Além disso, o procurador afirmou que um inquérito criminal será aberto para averiguar o fato de crime contra a economia popular, desenvolvimento ilegal de atividades de telecomunicações, crime contra o consumidor e a ordem econômica, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Principal serviço da BBOM

O negócio da BBOM, de acordo com a referida empresa, é a comercialização de produtos e serviços oferecidos por meio de marketing multinível (MMN) no varejo, que premia os vendedores, também conhecidos por revendedores, pela atuação de outros vendedores que trazem para a rede. E para se tornar um revendedor da empresa, deve-se pagar uma taxa de adesão cobrada pela mesma, que oscilam entre R$ 600 e R$ 3 mil.

Conforme Ednaldo Bispo, diretor da empresa, o serviço primordial da BBOM é o de rastreamento de veículos via satélite.

No entanto, a juíza substituta da 4ª Vara Federal de Goiânia, Luciana Laurenti Gheller, segundo nota divulgada no site do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, considera que a remuneração realizada a cada participante da rede “depende[m] exclusivamente do recrutamento feito por ele de novos associados”.

Ela também alegou que a Embrasystem (que usa os nomes fantasias BBom e Unepxmil) não tem autorização da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) para comercializar os rastreadores de automóveis via satélite, ainda que o diretor da BBOM, diz não ser necessário o aval para realizar o serviço de monitoramento e sim do equipamento, o qual é feito juntamente com o fabricante.

O negócio da BBOM é uma pirâmide?

Sim! As atividades realizadas pela BBOM se caracterizam pirâmide financeira, simplesmente, por causa da taxa de adesão cobrada pela empresa pelo recrutamento de novos associados. Ela é a principal fonte que sustenta toda a rede multinível, usando como fachada a venda de rastreados de veículos e o serviço de monitoramento.

Esse sistema de pirâmide é insustentável, pois uma vez não havendo mais pessoas para entrar no negócio com a taxa de adesão, usada para sustentar os revendedores mais antigos, a rede satura e quebra. Não há empreendimento que suporta isso!

Para confirmar essa questão, é só refletir sobre a pergunta: “Os ganhos dos associados vêm só de venda de produtos ou de serviços prestados”? Se for sim, o negócio não é pirâmide financeira; mas, se for não, daí é golpe da pirâmide. Caso que está acontecendo atualmente com a BBOM.

Inclusive, o procurador da República, Hélio Telho, disse que o negócio da BBOM é um esquema de pirâmide financeira disfarçado, semelhante ao da Telexfree, que faz a venda de serviço de rastreador de veículos por satélite, realizada pelos revendedores, que ganham suas comissões não pela venda de rastreadores e, sim, por pessoa que consegue atrair para formar a rede multinível.

Embora o diretor da empresa, Ednaldo Bispo, nega irregularidades na empresa e o empresário dono da marca BBom, João Francisco de Paulo, recusa aceitar que as atividades da empresa constitui pirâmide financeira, dizendo que taxas de adesão dadas pelos associados são usadas para comprar, junto aos fornecedores, mais equipamentos para comercializar, então, como se explica o aumento absurdo no faturamento da BBOM de R$ 300mil no ano passado, carros de luxo importados como Ferraris, Rolls Royce e Lamborghinis, além de R$ 100 milhões em março desse ano?

Será que somente com a venda desses equipamentos e os serviços prestados de monitoramento de veículos via satélite, consegue-se chegar a esses valores?

Logo, sendo a segunda maior empresa a praticar o golpe da pirâmide financeira no Brasil, a BBOM fica na mira da Justiça Federal, como a Telexfree e a Priples, e, por consequência, as suas operações financeiras foram interrompidas temporariamente, tais como as contas da Embrasystem e da BBrasil Organizações e Métodos LTDA, e também os bens dos sócios proprietários de ambas as empresas até o julgamento final dessa ação.

Fiquem alerta! Hoje no Brasil, foi montada uma força tarefa de promotores e procuradores federais para investigar 13 empresas suspeitas de praticarem o esquema de pirâmide financeira.

Fontes:

Mais Notícias do Caso BBOM

Bloqueada, a empresa BBom sugere ao Ministério Público Federal reformular negócios

“Em 03/08/2013, BBom sugeriu ao Ministério Público Federal de Goiás (MPF-GO) reformulação do seu protótipo de negócios. A sugestão, no entanto, não terá nenhum efeito instantâneo sobre a liminar que bloqueou as contas da empresa no começo do mês.” Publicação completa disponível em: http://economia.ig.com.br/2013-07-26/bloqueada-bbom-propoe-ao-ministerio-publico-federal-reformular-negocios.html.

Ação pede o fim da BBOM e a devolução do dinheiro aos seus associados

O Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO) e o Ministério Público de Goiás (MP-GO) pediram à Justiça a extinção da BBom e a devolução do dinheiro aos seus investidos, que totalizam uma quantia próxima de 200 a 300 mil divulgadores no negócio, acusada de ser uma pirâmide financeira.

Esta fraude pode ser maior do que a praticada pela empresa Avestruz Master, conforme informa a procuradora da República Mariane de Mello, que é uma das responsáveis pela ação movida contra a BBom e que da mesma forma atuou no caso das aves. Publicação completa disponível em: http://economia.ig.com.br/2013-08-06/acao-pede-o-fim-da-bbom-e-a-devolucao-do-dinheiro-a-associados.html.

__________________________________________________________________________________

E quem deseja trabalhar e ganhar dinheiro honestamente através da Internet? Como se esquivar dessas pirâmides financeiras? Como proceder para evitar cair em fraudes de empresas que prometem dinheiro fácil e rápido online? Em quem confiar?

Existem várias maneiras de se trabalhar e ganhar dinheiro online honestamente, sem entrar no esquema da pirâmide financeira ou ponzi. Todavia, deve-se aprender os métodos e instruções adequados com pessoas já experientes no assunto, quem possuem idoneidade e trabalho sério na Internet, a fim de alcançar o sucesso financeiro pretendido.

O método que eu aprendi e recomendo para quem estiver interessado em iniciar a carreira de Internet Marketer (profissional que trabalha e ganha dinheiro na Internet) é o Kit Ganhe Dinheiro Online do Dani Edson, que fornece dicas e estratégicas eficientes sobre como ganhar dinheiro online, fazendo marketing digital de modo correto com precauções para se desviar da pirâmide financeira. Segue o link, para explicação sobre o conteúdo do Kit: Kit Ganhe Dinheiro Online.

Lembre-se de deixar um Comentário! Compartilhe esse artigo!

__________________________________________________________________________________

Você também poderá gostar dos seguintes artigos:

  1. Priples Pirâmide – Investigação da Polícia de Pernambuco
  2. Telexfree sob medida cautelar da Justiça do Acre
  3. Hostgator – Hospedagem de sites Ilimitada
  4. Kit Ganhe Dinheiro Online – Método Aprovado de Ganhar Dinheiro Online!
  5. Programa de Afiliados Cursos 24 Horas – Sem Qualquer Custo
  6. Semijoias Imagem Folheados
  7. Programa de Afiliados Imagem Folheados
  8. Curso Como Criar Sites Facilmente

Imagem Folheados e suas semijoias

_____________________________________________________________________________

Foto Roberto (60x60 px)Autor: Roberto Carlos.
Gestor de TI, Webmarketer e Empreendedor Digital.
Desvendando negócios de sucesso na Interne e sempre buscando novas oportunidades de ganhar dinheiro online!

_____________________________________________________________________________

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>